Livro de memórias de uma especialista em cuidados paliativos é publicado pela Editora Nacional

30 de julho de 2021

A vida perto da morte é a primeira obra da autora best-seller Rachel Clarke a ser lançada no Brasil

 

Com a pandemia do coronavírus, muitas pessoas estão perdendo entes queridos e amigos próximos. Apesar da morte estar tão presente em nossas vidas, seja por meio das notícias que vemos na mídia ou da perda de pessoas de nosso convívio, a questão do luto ainda é um tabu. Como lidar com nossos sentimentos quando estamos prestes a perder uma pessoa querida? A dra. Rachel Clarke tenta responder a essa pergunta no livro A vida perto da morte, publicado pela Editora Nacional com tradução de Júlio de Andrade Filho.

 

Como especialista em cuidados paliativos, a dra. Rachel Clarke escolheu trabalhar em um lugar que muita gente considera trágico demais para estar. Todos os dias ela tenta levar cuidado e conforto àqueles que chegam ao fim de suas vidas, para ajudar a tornar a morte mais suportável.

 

Sua capacidade de lidar com o fim, no entanto, foi posta à prova quando teve que enfrentar um problema em família: seu pai foi diagnosticado com um câncer terminal. A doença do próprio pai a levou a entender que nada, nem mesmo os melhores cuidados paliativos, pode amenizar a dor de perder alguém que você ama. Ainda assim, ela argumenta que é no hospice – como é chamada a unidade de cuidados paliativos – que se encontram as coisas mais importantes da vida, como a bondade, o afeto e a alegria. Com seus relatos vibrantes, cheios de coragem e ternura, A vida perto
da morte é a carta de amor de Clarke ao seu pai, à sua profissão e à vida em si.

 

Este livro é indicado para leitores de obras como A morte é um dia que vale a pena viver, da Ana Claudia Quintana Arantes e Precisamos falar sobre a morte, de Kathryn Mannix.

 

Sobre a autora:

 

A dra. Rachel Clarke é médica de cuidados paliativos e escritora. Colabora com veículos como The Guardian, Sunday Times, New York Times, Independent e The Telegraph, entre outros. Ela também participa de programas televisivos britânicos, em canais como BBC e Sky News, e é autora de livros que já entraram para a lista de mais vendidos, além de serem finalistas em prêmios como o Baillie Gifford Prize.

 

Rachel se preocupa profundamente em ajudar os pacientes a viver o fim de suas vidas da forma mais plena e pródiga possível – e com o poder das histórias humanas para criar empatia e inspirar mudanças. Atualmente ela vive em Oxfordshire, Inglaterra, com o marido e dois filhos. A vida perto da morte é seu primeiro livro publicado no Brasil.

d

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar nosso site, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse nossa Política de cookies. Política de cookies e privacidade

ACEITAR